Vitamina A (funções, benefícios e alimentos ricos)

A Vitamina A (retinol) é um nutriente lipossolúvel encontrada em alimentos de origem animal. Boa parte da Vitamina A utilizada por nosso organismo não vem da ingestão e sim produzida pelos precursores carotenoides. Ela é armazenada em maior parte no fígado, e também é presente nos tecidos pulmonares e renais.

Além dos benefícios para a saúde, a Vitamina A deixa os seus cabelos mais bonitos!

Neste artigo, você vai conhecer as funções da vitamina A, seus benefícios, os efeitos da deficiência e uma lista com alguns alimentos ricos em vitamina A. Antes, confira um vídeo introdutório com diversas informações básicas sobre a vitamina A:


Para que serve a Vitamina A (funções e benefícios)

Para que serve a vitamina A


A Vitamina A é bastante conhecida por sua importância para a visão. Todavia, existem outros importantes papeis desempenhados por esta vitamina. Ela fortalece o sistema imunológico, mantém a pele saudável, auxilia no crescimento, ajuda na reprodução, entre outras funções.

Pesquisadores da Universidade de York mostraram que a Vitamina A pode ajudar no combate ao câncer de próstata.

Ela é utilizada no tratamento de diversos problemas como:

  • Acne;
  • Alzheimer;
  • Anemia;
  • Autismo;
  • Bronquite;
  • Queimaduras;
  • Conjuntivite;
  • Aczema;
  • AIDS;
  • Cegueira noturna;
  • Osteoporose;
  • Tuberculose;
  • Verrugas;
  • Cicatrização de feridas;
  • Entre outros...
Funções e Benefícios da Vitamina A


Alimentos ricos em Vitamina A (fontes e onde encontrar)

As fontes de vitamina A não são muitas. Como dito no primeiro parágrafo, o retinol somente é encontrado em alimentos de origem animal. Você vai encontrar uma boa quantidade em frutos do mar e em alguns peixes, como a sardinha, o linguado e o atum. Outras boas fontes de retinol: leite, margarina, ovos, fígado de boi e cereais matinais.

Alimentos ricos em Vitamina A


A dosagem recomendada pelo Dietary Reference Intake (DRI) é de 900mcg para adultos saudáveis do sexo masculino (3.000 UI) e 700mcg para adultos saudáveis do sexo feminino (2.333 UI). Alguns estudos mostraram que até 10.000 UI pode ser uma dosagem segura para adultos saudáveis do sexo masculino e feminino.

A hipervitaminose de vitamina A é rara. Tal problema acontece com maior frequência em indivíduos que suplementam o retinol. Dor nos ossos, cansaço, queda de cabelos, tontura, unhas frágeis, lábios cortados, vômitos e náusea são alguns sinais de overdose de vitamina A.

Veja fontes de outras vitaminas:
Fontes de vitamina C
Fontes de vitamina D
Fontes de vitamina E
Fontes de vitamina A
Fontes de vitamina K
Fontes de vitamina B1
Fontes de vitamina B2
Fontes de vitamina B3
Fontes de vitamina B5
Fontes de vitamina B6
Fontes de vitamina B7
Fontes de vitamina B9
Fontes de vitamina B12

Falta de Vitamina A (efeitos da deficiência)

Ainda que nosso organismo armazene vitamina A por um bom tempo, é possível que ocorra falta de vitamina A. Isso pode acontecer por problemas na digestão da vitamina A, como por conta da deficiência de zinco e alguns medicamentos (laxantes, antibióticos e contraceptivos, por exemplo).

O principal sintoma de deficiência de vitamina A é a dificuldade de enxergar na penumbra.
Efeitos da deficiência de Vitamina A


Eis alguns dos principais sinais de deficiência de vitamina A:

  • Cegueira noturna;
  • Cegueira permanente;
  • Olhos e pele secos;
  • Falta de apetite;
  • Imunidade baixa;
  • Crescimento deficiente;
  • Entre outros...

A deficiência de vitamina A é comum em países pobres e acontece com mais frequência em crianças e idosos.

Você tem alguma dúvida sobre a Vitamina A? Comente abaixo!

3 comentários: